DEFESA PESSOAL PARA CRIANÇAS


As artes marciais agem de maneira a equilibrar os sentimentos.

Ensinam, antes de tudo, que é preciso ter respeito ao próximo e encarar a vida e as situações com segurança, humildade e honestidade.

Dentro deste contexto, saber se defender é fundamental. Contudo, alguns pais também podem ficar receosos quanto ao fato de que os filhos podem cometer algum tipo de erro e acabarem reagindo e colocando ainda mais em risco a sua integridade física.

Entretanto, os pais podem e devem confiar na arte marcial e no sistema de defesa pessoal, porque na verdade não se trabalha com a agressividade, muito pelo contrário, trabalha-se a autoconfiança que é um agente equalizador de energias.

Tanto a criança que se sente mais fraca, vítima de bullying ou aquela que se sente mais forte e quer oprimir um coleguinha. Então todas estas energias se equalizam.

O motivo principal tanto do agressor quanto do agredido é a baixa autoestima e baixa autoconfiança, pois em ambos os casos é necessário que isso seja trabalhado. A criança que é autoconfiante não precisa agredir para se sobrepor, da mesma forma que o agredido precisa se de um pouco mais de confiança para encarar a vida. Por isso quando uma criança pratica o sistema de defesa pessoal, em qualquer arte marcial, ela começa a perder a necessidade de se colocar em conflitos, quaisquer sejam eles.

As aulas de defesa pessoal – para crianças tem como objetivo:

. Desenvolver disciplina;
. Atividade física dinâmica para melhora do condicionamento físico;
. Interação social com outras crianças;
. Defesa pessoal para situações de violência escolar, bullying, doméstica e do dia a dia.
. Respeito à hierarquia;
. Desenvolver senso de responsabilidade;
. Coordenação motora;
. Queima calórica.

entre outros benefícios.

Por muitas vezes os pais saem para trabalhar e as crianças ficam sozinhas, então que tal que elas estejam interagindo e socializando com outras pessoas da idade delas e ainda por cima aprendendo uma arte marcial que poderá ajudar na sua defesa pessoal no dia a dia, quem sabe, até mesmo se tornar uma profissão um dia?